Pesquisar este blog

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Novena a São Roque

Primeiro Dia
Bem-aventurado São Roque, perfeito exemplar de todas as virtudes e modelo acabado de santidade, cuja fé resplandeceu no firmamento de vossa alma como uma luz esplendorosa, que iluminou vosso espírito no conhecimento de Deus.
Rogo-te Santo meu, que acrescenteis em mim a fé em Deus e em seus divinos mistérios, para que o conhecendo melhor, mais ardentemente lhe ame. Amém.


Segundo Dia
Senhor, que desde a queda do homem e através de todos os livros inspirados quisestes depositar no coração da humanidade a santa esperança, como o melhor estimulo para o Bem, para a virtude, para o amor; que vosso ensinamento produza em mim a bela flor da esperança.
E vós, glorioso São Roque, modelo de abandono nas mãos de Deus, infundi-me essa santa virtude, para que em meio de todas as penas e aflições, com que Deus queira provar-me, sempre mantenha a esperança do favor divino. Amém.


Terceiro Dia
Glorioso São Roque, ardente e fiel no amor a Deus, ensinai-me a amar na medida de vosso amor.
Que nunca o amor terreno me aparte do divino, mas que as finezas do sumo Bem apaguem em mim as ânsias do bem terreno.
Que vossa devoção acenda e avive em mim as chamas do verdadeiro amor e da verdadeira caridade, e ela me estimule a edificar atos cuja generosidade seja a melhor prova da correspondência afetiva ao amor divino. Amém.


Quarto Dia
Humildíssimo São Roque, para quem as glórias dos homens foram o maior tormento, e vos fizeram caminhar até regiões onde ninguém vos conhecia, infundi-me um grande temor ao orgulho e a soberba, que nunca se alegre meu coração nos elogios e glórias do mundo, mas sim que tenha amor à santa humildade e desejo de uma vida desconhecida e retirada dos olhos dos homens, para ser reconhecido e glorificado por Deus no céu. Amém.


Quinto Dia
Oh Santo penitente, peregrino anunciador da mortificação, glorioso São Roque, vossa vida, vossas obras e o mesmo hábito que vos cobre me falam e convidam a seguir os caminhos da penitência.
Por outra parte, minhas culpas, minhas infidelidades a Deus, meus muitos pecados estão exigindo-me penitência.
Rogo-te, Santo meu, me deis o valor suficiente para imitar-vos neste aspecto de vossa vida, e conseguir assim o perdão de minhas culpas. Amém.


Sexto Dia
Amadíssimo São Roque, protetor meu, quão grande verdade é que se freqüentemente não consigo o logro de meus desejos e a saúde de meu corpo, é porque desobediente aos mandatos divinos, tenho ofendido e inimizado a Deus, fonte de saúde, manancial de todas as graças.
Fazei valer vossa influencia ante Deus para devolver a minha amizade e dai-me um coração dócil as inspirações divinas. Amém.


Sétimo Dia
Amadíssimo São Roque, especial protetor meu, vossa vida de pobreza voluntária me emociona e vossa generosa renuncia me estimula a seguir, na possibilidade de meus escassos meios, vosso admirável exemplo.
Arrancai-me do desordenado apego aos bens terrenos, e infundi-me amor ao sacrifício e a pobreza do espírito.
Jesus deu o divino exemplo e vos lhe imitastes:
fazei que eu também vos siga pelo caminho das renúncias até a posse do tesouro divino e da glória eterna. Amém


Oitavo Dia
Puríssimo Santo, a cujos pés, de joelhos, imploro a preciosa virtude da pureza.
É árdua sua conquista e fácil sua perda, mas é bela, e é chave dos céus e é espelho donde gosta projetar sua imagem o próprio Deus, e por isso mesmo ponho fervor na oração, para que por vossos méritos e intercessão consiga a virtude da santa pureza. Amém.


Nono Dia
Glorioso protetor meu, São Roque, neste último dia da novena, me ajoelho ante vossa imagem, que se me oferece a vista radiante de beleza celestial, e me dão vontade de imitar-vos em tudo, para ter como vós, também, um dia da Bem-aventurança do céu.
Muito quero o bem do corpo, mas mais estimo a saúde da alma.
Sede meu médico celestial e por vos me cheguem do céu as graças da alma e os bens do corpo, se isto não há de ser inconveniente para melhor servir a Deus. Amém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário