Pesquisar este blog

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Novena a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

Oração Preparatória para todos os dias
Virgem Santíssima, Socorro Perpétuo das almas que se acolhem a vosso amor maternal:
Dignai-vos pedir por mim a vosso santíssimo Filho e Senhor nosso Jesus Cristo, para que lhe sejam agradáveis todos os meus pensamentos, palavras e ações deste dia e de toda minha vida.
Aceitai, Oh! Terna mãe minha! O curto obsequio que vos ofereço nesta novena, e alcançai-me o favor que nela vos peço, se convém para maior glória, honra vossa e bem de minha alma. Amém.
Rezar a oração do dia que corresponda:

Primeiro Dia
Jesus Cristo quer que em nossos trabalhos recorramos a nossa Senhora do Perpétuo Socorro.
Levanta a vista oh! cristão! E contempla a Virgem do Perpétuo Socorro.
Olhai ao Menino Jesus, que com suas mãozinhas assustadas toma e estreita a mão de sua terna Mãe.
Que tem sucedido? Que dois anjos lhe apresentam os instrumentos de sua futura Paixão, e que ao vê-los o adorável infante se enche de espanto, e busca em sua doce Mãe proteção e amparo.
Com o qual quer dizer-te que, a imitação sua, deves também buscar sempre em Maria o socorro Perpétuo em meio das aflições da vida presente.
Meditar e rezar nove Ave-Marias e pedir a graça que se quer alcançar nesta novena.
Oração:
Oh! Salvador meu, Jesus Cristo ! Ao contemplar-vos nos braços de vossa Mãe, vejo que em meio de vosso santo temor vos estreitais com Ela e me dizes a mim que vos imite, recorrendo eu também a quem é meu Perpétuo socorro.
Quero, pois, entregar-me a Ela sem restrição alguma.
Oh! Maria ! Deus tem querido honrar-vos, comunicando ao culto de vossas imagens virtude milagrosas.
Inspirai-me oh! Mãe do Perpétuo Socorro! Confiança ilimitada em vossa poderosa bondade.
Prática:
Fazer esta novena com fervor.

Segundo Dia
Nossa Senhora do Perpétuo Socorro quer que acudamos a ela em todas as nossas necessidades.
Vemos que a Virgem Santíssima do Perpétuo Socorro, quando o Menino Jesus estreita sua mão, em vez de voltar seus olhos a Ele os volta a nós.
Sem dúvida quer assim mostrar-nos seu ardente desejo de que acudamos a ela. Com esta terno e amoroso olhar nos esta dizendo a todos:
Eu sou Mãe de Deus, mas também sou Mãe vossa. Que maior desejo pode ter uma mãe que o de ajudar e socorrer a seus filhos? Vinde, pois, filhos meus, a mim.
Acudi a mim em todas as vossas necessidades e misérias; em vossas penas, em vossos desfalecimentos, em vossas dúvidas;
E se alguma vez chegais, por desgraça, a cair, depois de vossa caída vinde:
Eu sou a Mãe do Perpétuo Socorro;
Eu os consolarei, eu os confirmarei, os defenderei, e os conduzirei a Pátria bem-aventurada do céu.
Meditar e rezar nove Ave-Marias.

Oração:
Oh! Doce Mãe minha! Se em Vós não visse eu meu Perpétuo Socorro, meus pecados me induziriam a temer que não haveria misericórdia para mim.
Mas Vos sois a misericórdia perpétua: depois de Deus em Vós quero por toda minha confiança, e desde agora, me proponho a recorrer sempre a Vós nas minhas necessidades.
Oh! Mãe do Perpétuo Socorro. Dignai-vos socorrer-me em todo tempo e em todo lugar, em minhas tentações e dificuldades, em todas as misérias desta vida, e sobre tudo na hora da morte.

Prática:
Invocar com freqüência a nossa Senhora do Perpétuo Socorro durante a novena.

Terceiro Dia
Venerar a nossa Senhora do Perpétuo Socorro é um meio seguro para conseguir todos os tesouros do céu.
Consideremos cada uma das palavras de esta invocação: Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. Maria é Senhora é dizer, Mãe de Deus, Rainha poderosa do céu e da terra.
Maria é nossa: nossa, por ser Mãe do Redentor dos homens, Advogada dos pecadores, Mãe de misericórdia e Corredentora; e nossa, sobre tudo, por sua maravilhosa ternura de Mãe.
Maria é nosso socorro, porque nos livrai da maior das desgraças desta vida, ou seja do pecado. Maria vela por nós, tira as ocasiões e diminui a veemência das tentações;
Maria conserva em seus filhos, a graça santificante e o amor de Deus, e lhes consegue a perseverança;
Maria suaviza nossas penas temporais e espirituais.
Por ultimo, é Maria nosso socorro Perpétuo, porque nos socorre a todas horas e em todos os instantes.
E nosso socorro no momento oportuno, na formidável passagem da morte e em meio das chamas do Purgatório.
Meditar e rezar nove Ave-Marias.

Oração:
Oh! Senhora nossa, Mãe do Perpétuo Socorro! Quantos tesouros de graças e benções proporcionais aos indivíduos e as famílias que a Vós se consagram.
Oh! Mãe minha! Dignai-vos receber nós todos como a filhos vossos e derramar sobre todas as famílias vossos insignes favores.

Prática:
Introduzir cada vez mas na respectiva família o costume de recorrer familiar e continuamente a nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

Quarto Dia
Nossa Senhora do Perpétuo Socorro ajuda a seus devotos a sair do pecado.
Um dos principais ofícios em que exercita sua solicitude nossa Senhora do Perpétuo Socorro é o de tirar as almas do pecado.
A maneira como uma mãe chora e geme sobre o cadáver de seu filho, a quem desejaria poder ressuscitar, Maria sente ardentíssimos desejos de que voltem os pecadores a vida da graça. Sua grande ocupação consiste em interceder por eles sem cessar;
E ela se gloria em ser sua infatigável Advogada e em alcançar-lhes a graça da verdadeira conversão, com tanto que tenham ao menos o desejo sincero de sair do pecado e que acudam a ela pedindo-lhe a força necessária para romper as cadeias com que vos tem escravizados a culpa.
Meditar e rezar nove Ave-Marias.

Oração:
Oh! Misericordiosa Advogada e refúgio dos pecadores muito tenho ofendido a Deus.
Em vossas mãos ponho minha salvação eterna.
Oh! Mãe do Perpétuo Socorro! Fazei que não volte a ter a imensa desgraça de corresponder com vil ingratidão a vossos contínuos favores.
Alcançai-me de vosso Filho a graça de uma conversão sincera, para que em diante lhe ame com todo meu coração.

Prática:
Rogar a nossa Senhora do Perpétuo Socorro que nos vejamos livres de todo pecado e que não reincidamos em nossas culpas.

Quinto Dia
Nossa Senhora do Perpétuo Socorro defende a seus devotos nas tentações.
A vida do cristãoo sobre a terra é uma luta constante.
Rodeados estamos de inimigos por onde quer que estejamos; de inimigos de todas classes, que se conjuram contra nós, maquinando nossa perdição e ruína; quem nos defenderá em meio de tantos perigos? a quem continuamente vela por seus filhos:
Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, que por si só é mas terrível que um exército posto em ordem de batalha; a quem é torre de David, fortaleza inexpugnável, da qual pendem mil escudos, armadura dos fortes, e ao mesmo tempo Mãe nossa;
Mãe tão terna e amorosa, que mas deseja ela conceder nos seu socorro, que nós alcança-lo.
Meditar e rezar nove Ave-Marias.

Oração:
Oh! Maria ! Se tive a desgraça de pecar, eu mesmo fui o autor desta desgraça.
Ah! Se eu vos houvesse invocado, Vós haveria me acudido e vindo em meu socorro e eu não haveria caído. fazei, Mãe minha, que na hora do perigo me recorde Vós e vos invoque dizendo:
Mãe minha, socorrei-me! Assim sairei com a vitória.

Prática:
Recorrer a nossa Senhora do Perpétuo Socorro quanto acontecer a tentação.

Sexto Dia
Nossa Senhora do Perpétuo Socorro assiste a seus devotos em todas as necessidades e trabalhos da vida.
Nossa natureza tem horror as contradições e trabalhos desta vida os quais são favores assinalados que Deus faz as almas que lhe amam. a verdadeira sabedoria consiste em descobrir os tesouros inestimaveis de méritos que se acham encerrados nas humilhações e nos trabalhos.
Quem, pois, nos dará a conhecer este tesouro? Maria Santíssima, a Rainha dos mártires. nossa Senhora do Perpétuo Socorro, que passou toda sua vida entre penas e dores, nos ensinará, com seu exemplo, que neste Vale de lágrimas a cruz é a herança dos eleitos e nos fará mais corajosos para levar os trabalhos deste penoso desterro.
Meditar e rezar nove Ave-Marias.

Oração:
Oh! Maria, Mãe e Senhora nossa do Perpétuo Socorro!
Como queixar-me de meus trabalhos, quando considero vossas acerbadas dores?
Vós sois verdadeira Mãe de Deus, e vossa vida foi vida de dor e sofrimento: quero, pois, aceitar com resignasção, ao menos, todas as penas que Deus me envie.
Alcançai-me, Mãe minha, a graça de não queixar me nunca em meus trabalhos.

Prática:
Recorrer em todas as minhas penas a nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

Sétimo Dia
Nossa Senhora do Perpétuo Socorro ampara a seus devotos na hora da morte.
O instante solene em que morremos decide nossa sorte feliz ou desgraçada por toda uma eternidade.
Essa é a hora em que o demônio desprega toda sua astúcia e todas suas forças para ganhar uma nova alma. Mas não desanimemos: tenhamos confiança, porque essa também é a hora de nossa Senhora do Perpétuo Socorro.
Na Ave-Maria diz todo fiel cristão:
Santa Maria Mãe de Deus, rogai por nós, pecadores, hora e na hora de nossa morte.
Ali estará, pois, a nosso lado, na hora da morte, para que possamos passar felizmente do tempo a eternidade.
Meditar e rezar nove Ave-Marias.

Oração:
Oh! Maria ! quando penso nas angustias de minha última hora temo e me sinto cheio de confusão.
Não me abandoneis, Mãe minha, em tão críticos momentos:
Concedei-me a graça de que vos invoque então com mais fervor que nunca, a fim de expirar com vosso dulcíssimo nome e o de vosso Santíssimo Filho nos lábios.

Prática:
Encomendar cada um sua morte a nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

Oitavo Dia
Nossa Senhora do Perpétuo Socorro auxilia a seus devotos no Purgatório.
Muito dignas são de compaixão as almas do Purgatório, porque padecem tormentos atrozes e não podem ajudar a si mesmas; mas Maria as socorre com a mais terna misericórdia.
A Santíssima Virgem alivia aquelas almas tão queridas, rogando por elas, e a vezes até descendo aquele lugar de tormentos para consolar e confortar a seus fiéis servos; mais ainda: sua poderosa e maternal intercessão se empenha em abreviar o tempo de suas penas e em livra-las daquele fogo purificador.
Meditar e rezar nove Ave-Marias

Oração:
Oh! Maria ! quantos pecados tive cometido em todo o curso de minha vida, e quão escassa tem sido minha penitência!
Oh! quão largo e quão terrível haverá de ser para mim o Purgatório, se Vós não me outorgais vosso auxilio!
Em Vós ponho toda minha confiança.
Oh! Virgem do Perpétuo Socorro! prostrado a vossos pés vos suplico me obtenhais a graça de não cair nem nas mais leves faltas, e a de expiar todos meus pecados nesta vida.
Espero que não me negareis esta mercê.

Prática:
Rogar a nossa Senhora do Perpétuo Socorro pelas almas do Purgatório.

Nono Dia
Consagrar se a nossa Senhora do Perpétuo Socorro e servi-la com fidelidade é fazer certa a perseverança.
Neste dia consagremo-nos a Maria ; e para isto façamos por ela o que ela faz por nós. Maria nos ama; pois amemos nós a ela.
Que honra a nossa amar a Mãe de Deus! Amando, entregando-nos a ela com inteira confiança, por ser nossa verdadeira Mãe.
Maria é nossa bem feitora; é nosso Perpétuo Socorro.
Por nossa parte, prometamos-lhe recorrer constantemente a sua misericórdia; prometamos sinceramente perseverar em nossos exercícios ou praticas diárias de devoção em honra sua, e experimentaremos quão certa é esta sentença:
Que o verdadeiro devoto de Maria não pode condenar-se.
Meditar e rezar nove Ave-Marias.

Consagração a Maria.


Oh! Mãe do Perpétuo Socorro! eu vos consagro meu corpo com todos seus sentidos, e minha alma com suas potencias.
De aqui em adiante quero servir-vos com fervor, invocar-vos sem cessar e trabalhar por ganhar corações que vos amem.
Oh! Mãe minha! fazei que não passe dia algum de minha vida sem que vos invoque com amor filial.

Prática:
Encomendar nossa perseverança a nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário