Pesquisar este blog

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Novena a Nossa Senhora Auxiliadora I

Aconselhada por São João Bosco para obter graças e favores.
Rezar por nove dias seguidos:

Três Pai-Nossos, Ave-Marias e Glórias ao Santíssimo Sacramento com a prece:
Graças e louvores se dêem a todo o momento ao Santíssimo e Diviníssimo Sacramento;

Em seguida, três Salve-Rainhas a Maria Santíssima Auxiliadora, com a invocação:


Salve Rainha
Mãe de Misericórdia, vida, doçura, esperança nossa, Salve.
A vós bradamos os degredados filhos de Eva, a vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois, Advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, E depois deste desterro mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre.
Óh! Clemente, óh! piedosa, óh! doce sempre Virgem Maria.
Maria, Auxílio dos Cristãos, Rogai por nós.
Nossa Senhora Auxiliadora, rogai por nós.

Receber, durante a novena, os Santos Sacramentos da Confissão e da Eucaristia. 3.
Fazer uma oferta, segundo as próprias possibilidades para a educação cristã dos meninos pobres.
Ter muita fé em Jesus, presente na Eucaristia, e em Maria Auxiliadora


Primeiro Dia
Ave do mar Estrela, Bendita Mãe de Deus, Fecunda e sempre Virgem, Portal feliz dos céus.
Oração:
Ó Virgem Santíssima, poderoso auxílio dos Cristãos que recorrem confiados ao trono da vossa misericórdia, ouvi as preces deste pobre pecador, que implora o vosso socorro, para poder fugir sempre do pecado e das ocasiões de pecar.
Eis a primeira graça que desejo receber nesta novena.

Breve Leitura Bíblica e Pequena Promessa:
"Um sinal grandioso apareceu no céu: uma Mulher vestida com o sol, tendo a lua sob os pés e sobre a cabeça uma coroa de doze estrelas: (Ap. 12, 1)
"Enfurecido por causa da Mulher, o Dragão foi então guerrear contra o resto dos seus descendentes, os que observam os mandamentos de Deus e mantém o Testemunho de Jesus" (Ap. 12, 17)
Duplo sinal distintivo fiéis autênticos: Jesus e Maria.
Salvação dos que crêem e Auxílio dos Cristãos.
Até a morte prometo permanecer fiel a minha religião: Santa, Católica, Apostólica, Romana.


Segundo Dia
Ouvindo aquela Ave do Anjo Gabriel, mudando de Eva o nome, trazei-nos paz do céu
Oração:
Maria Santíssima, Mãe de bondade e de misericórdia, que muitas vezes, com o vosso visível Patrocínio, Livrastes o povo Cristão dos assaltos e da barbárie dos muçulmanos, livrai, eu vô-lo peço, a minha alma dos assaltos do demônio, do mundo e da carne e fazei que eu possa em todo o tempo obter completa vitória sobre os inimigos da minha alma.

Breve Leitura Bíblica e Pequena Promessa:
"Disse então, Maria: ‘Eu sou a serva do Senhor;
Faça-se em mim segundo a tua palavra’". (Lc 1, 18)
Em poucas palavras Maria Santíssima nos oferece um exemplo da humildade, obediência e disponibilidade para fazer a Vontade de Deus e colaborar na realização do seu Plano de Salvação.
"Senhor, que queres que eu faça? Fazei-me instrumento da vossa paz".


Terceiro Dia
Ao cego iluminai, ao réu livrai também, de todo mal guardai-nos e dai-nos todo o bem.
Oração:
Ó Maria, Rainha poderosíssima, que sozinha triunfaste das múltiplas heresias que procuravam arrancar tantos filhos do Grêmio da Santa Madre Igreja, ajudai-me, eu vô-lo peço, a manter e conservar firme a minha fé e puro o meu coração no meio de tantas insídias e do veneno de tão perversas doutrinas.

Breve Leitura Bíblica e Pequena Promessa:
"Naqueles dias, Maria pôs-se a caminho para a região montanhosa, dirigindo-se apressadamente a uma cidade de Judá.
Entrou em casa de Zacarias e saudou Isabel...
Maria permaneceu com ela mais ou menos três meses, e voltou para sua casa" (Lc 1, 39-40, 56)
Com certeza Maria permaneceu até o nascimento de São João Batista, porque soube que neste período precisam as mulheres grávidas, ajuda e auxílio especial.
Aqui, temos um belo exemplo da caridade.
Eu também prometo praticar sempre a caridade e as obras de misericórdia.


Quarto Dia
Mostrai ser nossa Mãe, levando a nossa voz a Quem, por nós nascido, dignou-se a vir de vós
Oração:
Ó Maria, minha Mãe dulcíssima, vós que sóis a Rainha dos Mártires, por tantos atos heróicos de coragem e de fortaleza que tivestes na terra, dignai-vos infundir no meu coração e força necessária para conservar-me constante do vosso serviço, a fim de que, desprezando todo o respeito humano, possa praticar abertamente e sem envergonhar-me todos os meus deveres religiosos e mostrar-me sempre e em todas as ocasiões vosso devoto(a) filho(a), até a morte.

Breve Leitura Bíblica e Pequena Promessa:
"Meu filho, por que agiste assim conosco? Olha que teu pai e eu, aflitos te procurávamos" (Lc 2, 48).
Com que admirável delicadeza Maria admoesta seu Filho perdido e achado no templo. Um belo exemplo para os pais de família.
Os filhos crescem em sabedoria, estatura e em graça, diante de Deus e diante dos homens, quando recebem bom exemplo dos pais.
Na educação dos filhos prometo sempre praticar a paciência, prudência e seriedade.


Quinto Dia
Suave mais que todas, Oh! Virgem sem igual, fazei-nos mansos, puros, guardai-nos contra o mal.
Oração:
Ó Maria, Mãe querida, que no triunfo do Papa Pio VII mostrastes o vosso valioso Patrocínio, estendei o vosso manto piedoso por sobre toda a Santa Igreja, especialmente sobre o seu Augusto Chefe, o Papa (João Paulo II), contra os assaltos de tantos inimigos, livrai-o dos sofrimentos temporais e assisti-o sempre, afim de que possa conduzir seguramente ao porto a barca de São Pedro, e triunfar das ondas orgulhosas que tentam fazê-la sossobrar.

Breve Leitura Bíblica e Pequena Promessa:
"Naquele tempo, houve bodas em Caná da Galiléia, e a mãe de Jesus estava presente. Jesus também fora convidado para as bodas assim como seus discípulos" (Jo 6, 1-11). Vindo a faltar o vinho das bodas, Jesus fez milagre a pedido confiante de sua mãe. Ela também a nós convida a obedecer de modo especial a Jesus, dizendo: "O que Ele disser, fazei-o" "Felizes os que ouvem a Palavra de Deus e a praticam".


Sexto Dia
Oh, dai-nos vida pura, guiai-nos para a luz, e um dia, ao vosso lado, possamos ver Jesus.
Oração:
Oh! Maria, Rainha dos Apóstolos, tomai sob a vossa valiosa proteção os Sagrados Ministros e todos os fiéis da Igreja Católica, alcançai-lhes o espírito de união, de perfeita obediência ao Sumo Pontífice e de zelo fervoroso para a salvação das almas, e especialmente dignai-vos estender a vossa amorável assistência aos Missionários, para que possam conduzir todos os povos da terra à fé verdadeira, afim de que assim o mundo todo se torne um só aprisco debaixo do guia de um só Pastor, Jesus Cristo Nosso Senhor.

Breve Leitura Bíblica e Pequena Promessa:
"O Senhor é o teu louvor e o teu Deus, é ele quem operou para ti coisas grandiosas" (Dt 10, 21a).
Na verdade, Deus, olhando a humildade de sua serva fiel, Maria Santíssima, nos deu por meio dela o Salvador de todos os homens, Jesus Cristo, Senhor Nosso.
"Ó Maria, dai-nos graça de imitar seu amor de Deus o do próximo".


Sétimo Dia
Louvor a Deus, o Pai, e ao Filho, Sumo Bem, com seu Divino Espírito agora e sempre. Amém.
Oração:
Ó Maria, Mãe de piedade e de clemência, que tantas vezes, com a vossa eficaz intercessão, salvastes os cristãos da peste e de outros flagelos do corpo, socorrei-os e livrai-os agora da peste da impiedade e da irreligião, que de mil maneiras se insinua em suas almas, para afastá-los da Igreja e das práticas da piedade, especialmente por meio das seitas, da imprensa e das escolas perversas.
Peço-vos humildemente, amparai os bons, que possam perseverar;
fortificai os fracos, chamai à penitência os transviados e os pecadores, para que triunfe aqui na terra a Verdade e o Reino de Jesus Cristo, e assim cresça a vossa glória e o número dos eleitos no Céu.

Breve Leitura Bíblica e Pequena Promessa:
"Eles perseveravam na oração com Maria, mãe de Jesus". (At 1, 12, 14)
Oh! Maria, ensina-nos a rezar, a confiar e perseverar


Oitavo Dia
Senhora gloriosa, bem mais que o sol brilhais, O Deus que vos criou ao seio amamentais.
Oração:
Oh! Maria, coluna espiritual da Igreja e Socorro dos Cristãos, Rogo-vos me conserveis firme na Divina Fé e mantenhais em mim a liberdade e dignidade dos filhos de Deus. De minha parte prometo-vos não manchar a minha alma com o pecado, nunca fazer parte de sociedade condenadas pela Santa Sé;
Prometo-vos obedecer ao Sumo Pontífice e aos Bispos que estão em comunhão com ele, pois quero viver e morrer no seio da Religião Católica, na qual somente posso esperar com certeza a minha eterna salvação.

Breve Leitura Bíblica e Pequena Promessa:
"Junto a Cruz de Jesus estava, em pé, sua Mãe." (Jo 19, 25-27)
Jamais podemos esquecer as palavras de Jesus agonizante:
"Mãe, eis o teu filho. Filho, eis tua Mãe".
"Agonizante, ao discípulo por sua mãe destes Maria.
Para os fiéis terem tal Mãe presente à última agonia".


Nono Dia
O que Eva destruiu, no Filho recriais, do céu abris a porta e os tristes abrigais.
Oração:
Oh! Maria, minha Mãe piedosíssima, que em todos os tempos quisestes ser o Auxílio dos Cristãos, assisti-me com o vosso poderoso Patrocínio durante a vida toda, mas especialmente na hora da morte e fazei com que eu, depois de haver-vos amado e venerado na terra, possa ir cantar as vossas misericórdias no Céu. Assim seja.
Oh! Deus que constituístes a Mãe de vosso Filho querido, Mãe e Auxílio do Povo Cristão, concedei, nós vos rogamos, que vivamos sob a sua proteção e a Igreja se alegre em vossa Paz perpétua.
Por Nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na Unidade do Espírito Santo. Amém.

Breve Leitura Bíblica e Pequena Promessa:
"Mulher, eis aí teu filho." (Jo 19, 26-27)
Maria Santíssima com ânimo materno, consentindo com amor na imolação da vítima por ela gerada, pelo próprio Jesus moribundo na cruz, foi dada como mãe ao discípulo e a todos nós.
A Virgem Maria é para a Igreja o modelo da fé e da caridade.
Maria Auxiliadora, coopera na obra do Salvador para a restauração da vida sobrenatural das almas.
"Eis aí, a tua Mãe".

Nenhum comentário:

Postar um comentário