Pesquisar este blog

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Novena a Jesus Nazareno

Oração Preparatória para todos os dias:
Oh!, Senhor e Deus meu!
Animado por vossa infinita bondade e pelos contínuos favores que outorgais aos que imploram diante de vossa imagem, misericórdia e perdão, a Vos acudo,
Oh! Pai meu, Jesus Nazareno , para oferecer-Vos meus humildes obséquios e apresentar-Vos as necessidades de minha pobre alma.
Confesso que Vos tenho ofendido com grandes faltas, que tenho repetido sem cessar; mas já arrependido, as detesto e proponho ajudado de nossa graça a emendar-me.
Movido, pois, destes sentimentos, Vos rogo,
Oh! meu bom Jesus!, que, pelas dores de vossa Paixão, atendais as súplicas que Vos dirijo nesta Novena, se são de vosso agrado e de proveito para minha alma. Amém.
Rezar a continuação a oração do dia que corresponda:


Oração final para todos os dias
Oh!, doce e amado Pai meu, Jesus Nazareno! ao considerar vosso amor e a bondade com que me haveis acolhido neste dia, um grito de gratidão se escapa de meus lábios e a recordação de vossas misericórdias embarga minha alma.
Por ganhar meu amor descestes a terra e sofrestes toda classe de penas e trabalhos e morte de cruz.
Por mim também, chegando ao cume de todas as bondades, Vos nós dais no Sacramento do altar, querendo ser nosso manjar, único e perpétuo companheiro .
Por nosso amor Vos apresentais nesta imagem Coroada de espinhos, atado com duros cordões e vestido com hábito de humildade e de paciência.
Graças, Senhor, por tudo!, e a fim de corresponder a vossos favores, Vos peço a graça de cumprir sempre vossa lei, imitar vossas virtudes e viver e morrer em vosso amor. Amém.


Primeiro Dia
Meditação
A hora da Paixão tem chegado.
Jesus se dirige com seus discípulos ao Horto das Oliveiras, e ali , de joelhos, ora e oferece a seu Eterno Pai suas dores.
A vista das afrontas e morte próxima é tão horrível, que lhe parece desfalecer até suar sangue.
Só o anima o pensamento de que cumpre a vontade de seu Pai e que de sua morte de cruz dependia nossa salvação.
Fazei, Jesus meu, que enxugue vosso suor, detestando meus pecados, causa de vossa Paixão e morte.
Meditar, pede-se a graça que se deseja conseguir e rezar três Pai-Nossos, Ave-Maria e Glória.
Terminar com a oração final de todos os dias.


Segundo Dia
Meditação
Judas chega com sus soldados a prender a Jesus.
Este sai ao sue encontro, e ao receber o beijo do traidor discípulo, os judeus caem sobre Jesus, como lobos sobre um manso Cordeiro.
Preso, pois, com grossos cordões, Jesus é levado, entre insultos e golpes, como um facínora, a presença do Sumo Sacerdote.
Concedei-me, Jesus meu, que eu seja manso e humilde como Vos, sofrendo os desprezos de meus próximos.
Meditar, pede-se a graça que se deseja conseguir e rezar três Pai-Nossos, Ave-Maria e Glória.
Terminar com a oração final de todos os dias.


Terceiro Dia
Meditação
Quem poderá declarar o que Jesus padeceu de parte dos judeus ?
Um vil criado do Pontífice Lhe dá uma bofetada, e Caifás e os príncipes do povo o declaram réu de morte.
Os ministros do passam a noite injuriando-Lhe e maltratando-Lhe ignominiosamente, alguns cospem no rosto e Herodes o despreza
Até Pedro, seu fiel discípulo, se envergonha de conhece-Lo.
E me queixarei eu das penas que tenho merecido por meus pecados?
Senhor, quero sofrer algo por vosso amor.
Meditar, pede-se a graça que se deseja conseguir e rezar três Pai-Nossos, Ave-Maria e Glória .
Terminar com a oração final de todos os dias.


Quarto Dia
Meditação
Os judeus pedem a gritos a morte de cruz para o Salvador.
Pilatos, temendo as ameaças do povo, crê que poderá aplacar se mandar castigar a Jesus.
Atado, pois, a uma coluna o Divino Mestre é açoitado tão barbaramente pelos soldados que seu corpo é do todo despedaçado e coberto de Chagas e de Sangue.
Oh!, Divino Redentor, fazei que eu ame a mortificação, que necessito para apagar meus pecados.
Meditar, pede-se a graça que se deseja conseguir e rezar três Pai-Nossos, Ave-Maria e Glórias.
Terminar com a oração final de todos os dias.


Quinto Dia
Meditação
Como Jesus havia afirmado que era Rei, os soldados de Pilatos quiseram rir de sua realeza.
Para isso mandam sentar a Jesus;
E sobre seus ombros nus jogaram um manto de púrpura, cravaram em sua cabeça uma coroa de afiados espinhos, e em suas mãos colocaram uma cana ao modo de cedro.
Uns de joelhos O encarneciam vilmente, outros Lhe enchiam de escarros, e, com a cana, O golpeiam com ela a cabeça, fincando mais e mais os espinhos.
E eu, ante esta cena tristíssima,não aprenderei a ter paciência, sofrendo por quem tanto sofreu por mim?
Meditar, pede-se a graça que se deseja conseguir e rezar três Pai-Nossos, Ave-Maria e Glória.
Terminar com a oração final de todos os dias.


Sexto Dia
Meditação
Pilatos, ao ver a figura lastimosa de Jesus depois da Coroação de espinhos, pensou que os judeus se comoveriam somente em vê-Lo.
Levam Jesus ao público e dizem: Eis o Homem:
Vede aqui o homem; eu não encontro nenhuma causa de morte.
Mas os judeus, ao verem a Jesus e ouvir as palavras do Presidente, contestaram a gritos:
"Crucififica-O, crucifica-O".
Oh!, Jesus meu, ao ouvir o desprezo dos judeus e as blasfêmias de muitos cristãos, protestarei em meu coração dizendo "Viva Jesus!"
"Bendito seja seu Santo Nome!".
Meditar, pede-se a graça que se deseja conseguir e rezar três Pai-Nossos, Ave-Maria e Glória.
Terminar com a oração final de todos os dias.


Sétimo Dia
Meditação
Dada por Pilatos sentença de morte contra Jesus, os judeus se apressaram a por em prática a execução.
Vestem de novo a Jesus com sua túnica, carregam sobre seus ombros uma pesada cruz, e o obrigam a caminhar com os pés atados pelas ruas de Jerusalém.
O povo corre atrás de Jesus, ansioso de encher-Lhe de insultos.
O Salvador tão fatigado, varias vezes caiu por terra, e temendo os soldados que desfalecesse no caminho, obrigaram ao Cirineu a ajudar até o Calvário.
Fazer, Jesus meu, que eu seja vosso Cirineu, levando por amor não por obrigação a cruz que me queirais enviar. Meditar, pede-se a graça que se deseja conseguir e rezar três Pai-Nossos, Ave-Maria e Glória.
Terminar com a oração final de todos os dias.


Oitavo Dia
Meditação
Quase sem vida chegou Jesus ao Calvário, e os cruéis soldados ao cravaram na cruz com grossos cravos. Entre gritos e insultos, O levantaram, caindo Jesus no mais horrível suplício.
Ao ouvir as injúrias de seus inimigos, levantou o Salvador a voz e pediu para eles o perdão e para nós a salvação. Não foram os judeus, Oh! paciente Jesus meu, que Vos crucificaram, mas sim os meus pecados. Por isso direi continuamente : Jesus meu, misericórdia.
Meditar, pede-se a graça que se deseja conseguir e rezar três Pai-Nossos, Ave-Maria e Glória.
Terminar com a oração final de todos os dias.


Nono Dia
Meditação
Oh!, meu amado Jesus!
Que bem representa essa vossa imagem de Nazareno o muito que fizestes e sofrestes por nós!
Cativo dos que tanto Vos injuriaram e maltrataram, nos destes exemplo de paciência invencível.
Em nossa pátria, entrareis como Rei de amor, que rege e governa os corações de vossos escravos e devotos. Oh!, bom Jesus! Regei e governai os afetos de meu coração, para que Vos sirva como a meu Deus e Senhor. Amém.
Meditar, pede-se a graça que se deseja conseguir e rezar três Pai-Nossos, Ave-Maria e Glória.
Terminar com a oração final de todos os dias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário