Pesquisar este blog

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

DE PROFUNDIS

Salmo CXXIX de David

Das profundezas clamo a ti Senhor: escuta o meu apelo.
Senhor, tornem atentos teus ouvidos à voz da minha súplica!
Se lembrares, Senhor, nossos pecados, quem suportará? mas junto de ti encontra-se o perdão, para que te sirvamos.
Espero em ti, Senhor, e minha alma tua palavra espera.
Mais confiante que os vigias pela aurora, ela espera o Senhor.
Que Israel, mais que os vigias pela aurora, pelo Senhor espere!
Pois junto do Senhor se encontra a graça, copiosa redenção.
E ele próprio Israel resgatará de todos os pecados.

Almas benditas! nós temos rogado por vós que sois tão amadas de Deus e estais seguras de não poderão mais perde-Lo: rogai por nós miseráveis que estamos em perigo de nos condenarmos para sempre.

Doce Jesus, dai o descanso eterno às benditas almas do Purgatório!

Nenhum comentário:

Postar um comentário