Pesquisar este blog

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Coroinha do Menino Jesus

Esta "Coroinha" deve a sua origem à venerável religiosa carmelita Margarida do Santíssimo Sacramento, falecida em 26 de março de 1648, em Beaume (França), na idade de 27 anos.
Irmã Margarida tornou-se célebre pela sua devoção ao Menino Deus.
Compôs, por inspiração divina, um pequeno rosário constituído de três Pai-Nossos em honra da Sagrada Família, e de doze Ave-Marias em memória dos doze anos da infância de Jesus.
Jesus mostrou à dedicada serva o quanto esta prática lhe era agradável: fez-lhe ver, numa revelação, estes pequenos terços brilhando com uma luz sobrenatural, prometendo-lhe que a quem o trouxesse e recitasse com devoção, daria graças especiais, sobretudo de pureza e inocência.
A recitação desta Coroinha obtém prodígios de graças espirituais e temporais, e é um poderoso escudo contra os Espíritos infernais.


"Aqueles que rezarem, com devoção, a Coroinha do Menino Jesus receberão graças especiais, sobretudo de pureza e inocência."

Rezando a Coroinha
Beijar a medalha (ou imagem) dizendo:
Divino Menino Jesus, abençoai-nos.

Nas três contas grandes rezar:
E o Verbo se fez carne e habitou entre nós.
Pai-Nosso.

Nas doze contas pequenas rezar:
Ave-Maria.

Depois das doze Ave-Marias, termina-se beijando novamente a medalha (ou imagem) dizendo:
Divino Menino Jesus, abençoai-nos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário